PÁGINA GLOBAL

_______________________________________________________________LUSOFONIA EM DESTAQUE
0
 Artigos
3011

Generais, sociais-democratas entre aspas, colonizadores africanos e príncipes sem escrúpulos

 PÁGINA GLOBALPublicado ontem
Jorge Rocha * | opiniãoAo início da manhã ouço um general a comentar a morte de outro, dizendo que foi uma «enorme perda para o país (...) que lhe sentirá, e muito, a falta!».Pode ser opinião politicamente incorreta, dado o respeito dos portugueses pelos sucessivos protagonistas da quotidiana necrologia, mas quem continua a proferir este tipo de reações padronizadas não tem consciência de quão ridículas elas se revelam? Que importância ainda poderia ter quem, chegada à condição octogenária, já só cuidava sobreviver à fatal doença, que lhe ia abreviando os dias?Que revoluções ou contrarrevoluções ainda poderiam ser encabeçadas por um ,general há muito aposentado cujas opiniões mediáticas se iam tornando caducas à medida que o mundo ia mudando e a formatação da mente se desajustava de um qualquer pensamento consistente sobre os fundamentos de tal transformação?Não é, porém, só o general, que comentava a morte do seu igual, que revela a verborreia do muito que se diz e escreve no dia-a-dia. (...)

Dois milhões e meio de portugueses vivem numa ditadura... porque são pobres

 PÁGINA GLOBALPublicado ontem
Dia Mundial dos PobresA pobreza não tem apenas uma definição. Nem uma declinação. Tem várias, igualmente sérias. Igualmente preocupantes. No dia Mundial dos Pobres fazemos o retrato de quem vive no limiar da pobreza em Portugal.Se um dia tiver que optar entre ir ao supermercado ou ir à farmácia, talvez compreenda melhor quão grande é "a injustiça que precisa de ser consciencializada por toda a sociedade. (...)

América Latina | O drama histórico e humanitário de uma caravana

 PÁGINA GLOBALPublicado ontem
O drama da caravana com milhares de migrantes da Guatemala, Honduras e El Salvador com destino aos Estados Unidos retrata a catástrofe social e econômica do modelo econômico e social que vem sendo reinserido na América Latina. Fala-se em sete mil pessoas, mas há jornais que calculam o dobro disto. (...)

AO FASCISMO, O PÃO QUE O DIABO AMASSOU!

 PÁGINA GLOBALPublicado ontem
“Vale mais a vida dum ser humano, que todo o ouro do homem mais rico do mundo” – Ernesto Che GuevaraMartinho Júnior, Luanda 1- Ao fascismo de Jair Bolsonaro no Brasil, sobra em arrogância o que falta à dignidade e suas declarações e decisões em relação à presença de médicos cubanos inseridos no Programa Mais Médicos, têm já uma factura pesada: em nome da dignidade Cuba retira seus médicos do Programa, para que a arrogância possa continuar o seu caminho, respeitando a maioria dos votos que elegeu o fascismo!Alguns argumentam que o Brasil fascista que ganhou as eleições, dará “asilo político” aos médicos cubanos, resgatando-os, segundo seu argumento e justificação desavergonhada. (...)

Que bom! Sou um Idiota!

 PÁGINA GLOBALPublicado ontem
Pedro Augusto Pinho* | opiniãoHá uma velocidade na sociedade contemporânea que me assombra. Para ainda encontrar o “inimigo comunista”, é preciso ter parado no tempo dos anos 1970, e, mesmo assim, ser pouco afeito à busca e ao entendimento do que ocorria ao redor do mundo. (...)

Os destruidores da Líbia, agora «pela Líbia»

 PÁGINA GLOBALPublicado ontem
Manlio Dinucci*Depois do insucesso de Emmanuel Macron em resolver a crise da Líbia, é a vez de Giuseppe Conte tentar algo. Roma está melhor posicionada do que Paris, pois tem o apoio da Casa Branca. No entanto, há pouca probabilidade de conseguir seja o que for, pois as “boas fadas” actuais, são os lobos precedentes que devoraram a Líbia. (...)

A Rússia prepara-se para enfrentar uma possível agressão da OTAN

 PÁGINA GLOBALPublicado ontem
Valentin Vasilescu*O exercício militar russo, Vostok 2018, no qual a China e a Mongólia tomaram parte, não visava, nem ameaçar a OTAN, nem atestar capacidades de Moscovo. Ele tinha por objectivo explícito preparar o país para uma Guerra mundial, que a Rússia estima ser possível de novo. (...)

Protesto na França contra aumento de combustíveis tem morto e feridos

 PÁGINA GLOBALPublicado ontem
Movimento conhecido como "coletes amarelos" realiza mais de 2 mil manifestações com mais de 120 mil participantes na França. Manifestante morre ao ser atropelada por mulher que levava filha ao médico.Uma manifestante do movimento "gilets jaunes" (coletes amarelos) morreu neste sábado (17/11) e 47 pessoas ficaram feridas, três em estado grave, em cerca de 2 mil manifestações na França dos "coletes amarelos", que protestam contra o aumento dos impostos dos combustíveis, disse o ministro do Interior francês, Christophe Castaner. (...)

Gaza, a solução final

Palestinianos entre destroços de edifícios bombardeados em GazaCréditosMohammed Asad/ Middle East MonitorO primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, escolheu a chamada «Cimeira da Paz» promovida por Emmanuel Macron, em Paris, para anunciar que «não há solução diplomática» para o problema de Gaza. (...)

CIA conclui que príncipe herdeiro mandou matar jornalista, diz jornal

Segundo "Washington Post", CIA interceptou ligação entre irmão do príncipe herdeiro da Arábia Saudita e Jamal Khashoggi, jornalista dissidente que foi assassinato no consulado saudita em Istambul.O vice-presidente americano, Mike Pence, declarou neste sábado (17/11) que os EUA vão prestar contas com os assassinos do jornalista saudita dissidente Jamal Khashoggi. (...)

O Reino Unido viola flagrantemente as normas de um comportamento decente

Peter KorzunA Rússia e a Venezuela encontram-se entre os países a quem a União Europeia, incluindo a Grã-Bretanha, impôs sanções. Esses dois países foram alvo de vigorosos ataques de Londres, acusados de inúmeras coisas nefandas que, alegadamente, terão feito. (...)

Sanções a estados-membros da CPLP só deverão entrar em vigor daqui por cinco anos

Lisboa, 16 nov (Lusa) - A revisão dos estatutos da CPLP aprovada pelo Governo português na quinta-feira, que já inclui sanções para estados-membros que violem a ordem constitucional, só deverá entrar em vigor dentro de três a cinco anos, disse à Lusa fonte da organização. (...)

Macau | LAG 2019 | Chui Sai On destaca valor dos macaenses e portugueses

Os macaenses de ascendência portuguesa e os portugueses residentes em Macau desempenham um papel importante no fomento do intercâmbio cultural entre a China e outros países”, refere o parágrafo que, tradicionalmente, surge no discurso das Linhas de Acção Governativa (LAG). (...)

Timor-Leste deve começar 2019 com duodécimos segundo calendário de debate orçamental

Díli, 17 nov (Lusa) - Timor-Leste deverá começar 2019 em regime de duodécimos, já que, segundo o calendário de debate e aprovação do Orçamento Geral do Estado (OGE) no parlamento, o texto será enviado para o Presidente apenas a 24 de dezembro. (...)

Empresários timorenses queixam-se de situação dramática devido a impasse político

Díli, 15 nov (Lusa) - Empresários em Timor-Leste dizem estar a viver uma situação "dramática", com dezenas de empresas fechadas, quedas de até 60% na faturação, dívidas acumuladas do Estado por pagar e uma quebra total de confiança na economia nacional. (...)

Primeiro troço de autoestrada em Timor-Leste inaugurado hoje no sul do país

Suai, Timor-Leste, 17 nov (Lusa) - Timor-Leste tem a partir de hoje, na zona sul do país, os seus primeiros 30 quilómetros de autoestrada, parte de um amplo projeto de investimento para o desenvolvimento da economia nacional."Este é um marco importante no desenvolvimento da infraestrutura rodoviária de Timor-Leste e na conectividade física do nosso país", disse hoje na inauguração o ministro de Estado da Presidência do Conselho de Ministros e ministro do Petróleo e Minerais em exercício, Agio Pereira. (...)

Reino Unido oferece apoio a Moçambique no combate a grupos armados em Cabo Delgado

O Governo britânico manifestou ontem, 16, aabertura para apoiar Moçambique no combate a grupos armados que têm protagonizado ataques a aldeias isoladas no norte do país, informa o portal da Presidência moçambicana.Falando durante um encontro com o chefe de Estado moçambicano, que visitou hoje o Reino Unido, o enviado Especial da Primeira-ministra britânica, Theresa May, Timothy Paul Loughton disse que o seu Governo está disposto a apoiar o país africano no combate a estes grupos, que, desde outubro do ano passado, tem atacado pontos recônditos de distritos da província de Cabo Delgado. (...)

Moçambique | Saiba como os resultados eleitorais foram cozinhados

O Canal de Moçambique pegou em dois casos de fraude eleitoral, em Moatize e Marromeu, e revela como as coisas foram feitas e com documentos autênticos.Em Moatize os vogais da Frelimo aprovaram uma deliberação a suspender a contagem de votos e, quando os vogais da oposição foram em casa, voltaram de madrugada e aprovaram outra deliberação, para chamar o Comandante da Polícia para arrombar o armazém onde estavam os votos e editais. (...)

Moçambique |Após ameaça de morte, jornalista Serôdio Towo vive com medo

“É complicado até sair de casa, porque não sabemos quem está por detrás e se a chamada de atenção era para agora ou para o futuro,” diz Towo.O jornalista moçambicano Serôdio Towo limitou a sua movimentação, na cidade de Maputo, após receber, dia 10, uma ameaça de morte por telefone, alegadamente por publicar artigos que criticam o governo. (...)

Beirute ou São Tomé, porque usam as Mulheres?

 PÁGINA GLOBALSexta feira
Isabel de Santiago | Téla Nón | opiniãoA expressão Afrogeringonça é de minha autoria. Agradeço ao líder da ADI, que não a use sem a devida referência nas suas entrevistas cansativas e repetitivas sem qualquer sentido. Sempre com o mar ao fundo, dando a ideia que São Tomé até tem Príncipe, com o seu “amigo-aliança” secreta To-Zé, no conhecido encontro da sala de aula evacuada para o efeito, na escola de Santo António. (...)

Angola | Os deputados de Cabinda continuam surdos e mudos

 PÁGINA GLOBALSexta feira
Esta semana, os deputados cabindas nos partidos da oposição angolana, comummente chamados de deputados do círculo de Cabinda, ainda brilharam novamente por suas eminentes eloquentes intervenções no parlamento angolano, sob os olhos sonhadores de uma população cabindesa, cheia de esperança e que nunca perde a oportunidade de aplaudi-los sempre que falam ou denunciam a situação de miséria em Cabinda, que não data de ontem. (...)

Ver mais